Últimas

Tempestades perfeitas

Num olhar sobre o que nos reserva 2019, Domingos de Andrade considera que votar, com consciência, com ponderação das escolhas, tem este ano não a relevância do ciclo eleitoral, mas do que queremos ser amanhã.

As marcas que 2018 deixou: resultados e vencedores

Abertura da Igreja aos recasados, migrações e chumbo da eutanásia venceram inquérito online ‘As Marcas que 2018 deixou’. A análise dos vencedores é agora feita por três jornalistas: Ricardo Perna, Catarina Guerreiro e Eunice Lourenço.

Migrantes: estará algo a mudar?

O tema das migrações foi o vencedor da categoria Ponto de Interrogação. Para a jornalista Catarina Guerreiro, apesar da pouca relevância mediática e a crescente indiferença das pessoas, é um problema gigantesco, como bem mostram os números.

Porque adoro o Natal

O grande desafio de hoje não é regressarmos ao passado que já foi – sociedades urbanas não reconstroem famílias numerosas. Mas é construirmos formas de organização e rituais que nos façam estar juntos, perto.

Bípedes e quadrúpedes

Aquilo a que assistimos, mais uma vez, foi à falta de convicção e ao desnorte dos deputados sobre uma questão que de facto não entendem e sobre a qual não têm interesse sequer em questionar.