Últimas

Umas férias ao encontro de Cristo

Há dois anos que Ana Sotto Mayor tira oito dias das suas férias para fazer exercícios espirituais. Uma experiência “dois em um” pois, além do descanso, este é um tempo de verdadeiro crescimento espiritual e encontro com o Senhor.

Proposta 2 – Dilatar o coração

Uma meditação de Chiara Lubich, fundadora do Movimento dos Focolares, é o ponto de partida da proposta de Michella Vaz Patto que nos deixa um desafio arrojado: amar cada pessoa que passa ao nosso lado como Deus a ama.

Quando as férias são para servir os outros

Maria Portela gasta parte do seu tempo de descanso a animar outras crianças e jovens. Fá-lo para poder proporcionar a outros experiências que foram transformadoras para si própria. Um serviço bidirecional, em que se conhece e dá a conhecer.

In memoriam de Jean-Louis Chrétien

Ler a obra de Jean-Louis Chrétien enche-nos de esperança pois o filósofo convida-nos a assumir e integrar a fragilidade como algo positivo. Ser frágil não é ser fraco, é abrir-se a algo maior, diz. O filósofo morreu no dia 28 de junho.

Refugiados: pessoas como nós

Dirige o Serviço Jesuíta aos Refugiados (JRS) na Grécia. Francisca Onofre conta-nos histórias carregadas de sofrimento (mas também esperança) dos que por lá passam e lembra-nos que os refugiados não são números mas pessoas como nós.