Últimas

Quando as bombas matam Silvas e Fonsekas

Qualquer ataque terrorista não nos deve deixar indiferentes, seja onde ou contra quem for, cristãos, muçulmanos, budistas ou hindus. Mas é impossível não sentir afinidade com gente perseguida por ter uma fé que foi levada de Portugal.

Equador

Seremos capazes de voltar a olhar o céu, traçarmos uma rota que nos volte a desafiar e empreendermos mais uma viagem, rumo ao futuro?

Tempos de tentação

Não conseguiremos mudar a ansiedade por decreto. As pessoas e as empresas escolhem um modo de vida constantemente ligado porque percecionam vantagens nisso.