Iniciado em 2017 por uma equipa de leigos e de jesuítas, o labOratório é uma semana de formação e criação de nova música para a liturgia. Durante 8 dias, cantores, instrumentistas, directores de coro e compositores juntam-se para uma experiência comunitária centrada na oração, na formação e na criação de nova música para a liturgia.

O que fazemos no labOratório

O programa de formação do labOratório tem várias áreas diferentes: (a) introdução à liturgia e à música litúrgica; (b) formação musical; (c) técnicas de harmonização e de composição; (d) técnicas de canto e de direcção coral; (e) poesia e liturgia; (f) música e espiritualidade. A abordagem é fundamentalmente prática – ou não seria um labOratório.

Os participantes podem escolher uma modalidade de participação: (a) labCanta; (b) labToca; (c) labCria; (d) labMaestro.

Para além dos tempos de oração e de formação, o programa do labOratório inclui ainda vários concertos com artistas de estilos musicais diferentes. A semana culmina com um concerto espiritual, onde apresentamos uma selecção das músicas do novo repertório.

Boa parte do programa do labOratório dirige-se em exclusivo aos participantes inscritos. Contudo, as orações (laudes, hora intermédia e missa), os grandes ateliês sobre música e espiritualidade, e os concertos são de entrada livre: todos podem participar, gratuitamente.

O que pensamos sobre a música litúrgica

O labOratório valoriza a diversidade de estilos musicais. Do gregoriano ao rock, do pop à música erudita, é possível utilizar vários estilos musicais na liturgia, na medida em que a música se adapte ao espírito da celebração: tempo litúrgico, textos, momento da celebração, comunidade. Por isso, convidámos cerca de 30 compositores, de idades e estilos musicais muito diversos, para compor música para um pequeno cancioneiro: o Livro Cinzento.

Como aceder às novas músicas

Os conteúdos do labOratório – ateliês, partituras e gravações – ficarão disponíveis no Livro Cinzento (em papel), mas também em formato digital, online. Ali encontram-se já as músicas da edição 2017.

labOratório e missão da Igreja

O labOratório inscreve-se num conjunto crescente de projectos ligados à formação litúrgica que têm lugar no nosso país. Há publicações regulares de nova música litúrgica, e tanto os Cursos de Música Sacra quanto os Encontros Nacionais de Pastoral Litúrgica têm sido lugares incontornáveis de formação e divulgação, em Portugal. O labOratório associa-se a esse trabalho de formação e de sensibilização para a música litúrgica.

Quem pode participar

O labOratório dirige-se a pessoas que gostem de música, em geral, tendo depois alguns ateliês específicos segundo o grau de formação musical dos participantes. Quem não tem formação musical pode dar aqui uns primeiros passos; quem já tem formação musical pode explorar outras dimensões da música. Se gostam de música, podem participar!

Edições anteriores

A primeira edição do labOratório aconteceu em 2017, no colégio das Caldinhas (S. Tirso), reunindo um total de 25 pessoas. A segunda edição aconteceu em 2019, nos espaços do convento dos Dominicanos no Alto dos Moinhos (Lisboa), e juntou 70 pessoas.