VOLUNTÁRIOS

As surpresas de Deus

As surpresas de Deus

E a partilha é uma festa, mas também aqui qualquer motivo é bom para festejar e para se juntarem, o que é comum a qualquer povo. O que vejo diferente é mesmo cuidado e a atenção.

Aqui mesmo, em casa.

Aqui mesmo, em casa.

Vivemos de maneira simples junto de quem possui poucos bens materiais. Mas podemos dizer que vivemos com muito, se pensarmos que nada nos falta para satisfazer a fome, a sede, a segurança.

Cheguei a Angola!

Cheguei a Angola!

Angola é um país fascinante,que é difícil descrever. As suas paisagens demonstram como a Natureza nos surpreende. São tão inspiradoras que nos permite recuperar as forças para a nossa missão,como é um elo de ligação a Deus para caminharmos.

Os (meus) Doze

Os (meus) Doze

Cada vez mais certa de que “quando semeamos as coisas com amor, não pode senão dar fruto”. Não sei bem quando será a época da apanha, mas comigo trago sempre o regador para que não falte alimento. 

Uma luz diferente

Uma luz diferente

Aqui sinto uma luz diferente… Uma luz que teima em entrar, em aquecer e se fazer sentir mesmo nas terras mais áridas ou sombrias. Sabe que tem de persistir e esperar que nasça fruto… e fá-lo, alegremente, dia após dia.

A importância dos Antigos

A importância dos Antigos

O trabalho dos Leigos para o Desenvolvimento é continuado no tempo, e isso é visível no terreno, na construção de coisas visíveis, mas acima de tudo na construção de coisas invisíveis – uma das coisas que mais me tem impressionado.

(Ser) Comunidade Missionária LD

(Ser) Comunidade Missionária LD

Viver em comunidade exige muito de nós, mas tenho a certeza que é onde aprendi e cresci mais. E, vai ser o que daqui a muitos anos vou recordar com mais saudade.

Bastien e Cláudia, um casal ao serviço

Bastien e Cláudia, um casal ao serviço

Durante este ano, temos criado alguma relação com este casal, e para mim tem sido um testemunho muito alegre e sincero de alguém que se entrega e colabora sempre com intenção de ver a comunidade a crescer!

Ano em missão

Ano em missão

Mas com tantos afazeres e responsabilidades houve tempo para conhecer um país cheio de possibilidades, com paisagens magníficas e também tantas pessoas que ao longo do ano me foram surpreendendo com tanta bondade e talento.

Começar a construir Comunidade.

Começar a construir Comunidade.

A FEP (Formação Específica de Projetos) é a primeira semana em que os voluntários que partem para o mesmo destino têm a oportunidade de viver juntos, ainda em Portugal, e onde aprendem mais sobre os projetos em que vão trabalhar e a realida