Missão Angola

 

A nossa primeira missão em Angola foi no Uíge, no ano de 1992, em resposta ao apelo do Bispo da Diocese na época, D. Francisco da Mata Mourisca. Contudo, devido ao conflito armado vivido no território fomos forçados a sair no ano seguinte.

Em 1996 regressámos a Angola, mas a um município do Sul, a Benguela. Ao longo dos anos trabalhámos na cidade capital, no interior de Província, mas sobretudo nos bairros de reassentamento da periferia da Cidade em projetos de educação e alfabetização, formação e empreendedorismo, saúde e promoção da mulher. Em 2003 regressámos ao Uíge, trabalhando nas áreas da educação, formação e empreendedorismo, onde estivemos até 2014.

De 2005 a 2019, atuámos no Bairro Nossa Senhora da Graça, a norte da cidade de Benguela, onde implementámos e dinamizámos o Projeto de Alfabetização de Adultos, o Centro Juvenil da Graça, a construção do Espaço Criança, o GAIVA (Gabinete de Apoio à Inserção na Vida Ativa), o Projeto Epongoloko Lyukay (Mudança da Mulher, em português) e ainda o Grupo Comunitário do Bairro da Graça, projetos todos eles autonomizados para os nossos parceiros locais. 

Concluída a missão em Benguela, os LD abriram em 2019 uma nova missão em Angola, agora no Alto do Catumbela, mais a Sul da cidade de Benguela. O Programa de Desenvolvimento Comunitário do Alto Catumbela assenta em 3 projetos, financiados pelo Camões, Instituto da Cooperação e da Língua. São parceiros nestes projetos a ATES -UCP, Área Transversal da Economia Social – Universidade Católica do Porto, o MEF – Movimento de Expressão Fotográfica, o Mosaiko – Instituto para a Cidadania e a Diocese de Benguela

Grupo Comunitário do Alto do Catumbela


O Grupo Comunitário do Alto do Catumbela, criado em 2019, integra representantes de 20 entidades e grupos informais, que pretendem encontrar soluções para os problemas do território e implementar iniciativas junto da comunidade local, que abordem temas como o lixo, saneamento e dificuldades de acesso à água.​

Jovens

O trabalho com os Jovens passa pela sua capacitação ao nível da liderança servidora e a constituição de um grupo que irá planear iniciativas para sensibilizar a comunidade para alguns dos seus problemas e provocar alterações de comportamentos.​ Está também em desenvolvimento ofertas formativas e negociação de parcerias para promover a inserção dos jovens na vida ativa.

Recolha Etnográfica

A Recolha Etnográfica tem como objetivo conhecer melhor este novo território de intervenção​, identificando a cultura, as tradições locais, bem como histórias de vida inspiradoras para dar a conhecer a riqueza do território.​
Deste projeto nascerá uma exposição fotográfica, um documentário e um website.

AJUDE ESTA MISSÃO

Envolva-se com a nossa causa e ajude a transformar a vida das pessoas que apoiamos. Contribua para os nossos projetos, fazendo um donativo, que permite beneficiar 50.000 pessoas e capacitar 150 organizações anualmente. Junte-se a nós e faça acontecer.