Missão Portugal

 

Atentos à realidade vivida na época e com vontade de continuar em missão em Portugal, alguns voluntários perceberam que muitos estudantes vindos dos PALOP chegavam a Portugal para estudar e precisavam de apoio. A necessidade de diminuir o insucesso escolar destes estudantes, ajudando-os a prosseguirem os seus estudos e evitando que muitos deles entrassem num processo de exclusão social, fez nascer o Centro São Pedro Claver em 1993. Atualmente, para além do Centro São Pedro Claver, os Leigos para o Desenvolvimento abriram em 2018, em parceria com a Província Portuguesa da Companhia de Jesus, uma nova missão na Caparica-Pragal, no concelho de Almada, com um programa piloto de desenvolvimento comunitário.

Centro São Pedro Claver

O Centro S. Pedro Claver explicações de todas as disciplinas do 9º ano, secundário e faculdade, com flexibilidade de horários. Tem ainda Cursos de Português para Estrangeiros (nível A1 e A2) e Cursos de Inglês (Iniciação). O trabalho do Centro é possível, sobretudo pelos professores voluntários que, sem quaisquer contrapartidas, deram e continuam a dar apoio na área da sua formação, criando assim uma estrutura que facilite a integração escolar, social e profissional dos seus alunos.

Anualmente recebem explicações uma média de 150 alunos que frequentam o ensino secundário, na sua maioria no 12º ano, muitos deles já descendentes de imigrantes.

Veja este vídeo para conhecer melhor este projeto e visite a página de facebook.

O Centro presta também um serviço de Explicações para o Desenvolvimento, um negócio social que beneficia os estudantes em Portugal com explicações de qualidade e que multiplica o benefício com as receitas geradas ao apoiar projetos de desenvolvimento e educação em África e Portugal. Saiba mais aqui.

Caparica-Pragal

A missão na Caparica-Pragal assenta num programa de desenvolvimento comunitário nas localidades da Caparica-Pragal, concretamente nos seus bairros, integrados na Paróquia S. Francisco Xavier da Caparica. Tratam-se na sua maioria de bairros de alojamento social que espelham uma diversidade étnica e cultural significativas. A intervenção pretende trabalhar de forma transversal o empoderamento comunitário e a integração de migrantes.

A partir de um trabalho de diagnóstico participativo já em curso, pretende-se dar corpo a um modelo de governança partilhada e integrada, com a constituição do Grupo Comunitário da Caparica e Pragal, criando-se assim uma dinâmica de trabalho em rede entre as forças vivas do território. Os processos de capacitação centrais nesta abordagem de Desenvolvimento Comunitário irão incidir, nesta etapa inicial da intervenção, em três grupos-alvo: jovens, mulheres e comerciantes.
Em parceria com o MEF (Movimento de Expressão Fotográfica) está em curso um processo de recolha de histórias através da fotografia participativa.

Este projeto é cofinanciado pelo FAMI – Fundo para o Asilo, a Migração e a Integração.

AJUDE ESTA MISSÃO

Envolva-se com a nossa causa e ajude a transformar a vida das pessoas que apoiamos. Contribua para os nossos projetos, fazendo um donativo, que permite beneficiar 50.000 pessoas e capacitar 150 organizações anualmente. Junte-se a nós e faça acontecer.