Para alcançar amor – o novo livro de Pedro Lamet, sj

A dias de ser lançado publicamente, o Ponto SJ, em articulação com a Editorial A. O. divulga hoje a apresentação que integra o livro e é da autoria do P. Vasco Pinto de Magalhães, profundo conhecedor da obra e do escritor.

A dias de ser lançado publicamente, o Ponto SJ, em articulação com a Editorial A. O. divulga hoje a apresentação que integra o livro e é da autoria do P. Vasco Pinto de Magalhães, profundo conhecedor da obra e do escritor.

Para alcançar amor – Inácio de Loiola e os primeiros jesuítas” é o novo livro de Pedro Miguel Lamet, sj. O reconhecido jesuíta espanhol, que conta já com uma vasta produção literária, lança assim um novo livro sobre o fundador da Companhia de Jesus que tem a particularidade e a novidade de abordar a vida dos primeiros companheiros de Inácio. Editado pela Editorial A.O., este livro será lançado para a semana em Lisboa, dia 17, no Centro Universitário Padre António Vieira (CUPAV), pelo P. Vasco Pinto de Magalhães, seguindo-se duas apresentações, uma em Coimbra, no dia 22, e outra no Porto, no dia 23.

A dias de ser lançado publicamente, o Ponto SJ, em articulação com a Editorial A. O. divulga hoje a apresentação que integra o livro e é da autoria do P. Vasco Pinto de Magalhães, profundo conhecedor da obra e do escritor.

 

INTRODUÇÃO
Agradecimento e convite
P. Vasco Pinto de Magalhães, sj

Quem pegar neste livro receba-o como um presente, uma graça e um desafio. Tem na mão uma nova e mais completa biografia de Santo Inácio de Loiola. E o título, Para Alcançar Amor, é o da última contemplação proposta aos exercitantes nos Exercícios Espirituais inacianos. Esse ponto alto não só completa e resume o tempo forte dessa peregrinação interior como lança para a vida quotidiana a experiência, o estilo e os objetivos alcançados no caminho inaciano.

Inácio de Loiola fala de si mesmo como «O Peregrino». A sua vida, os seus escritos e obras fazem parte do apelo com que nos convida a encontrar a vontade de Deus. Isto toca e tocou, particularmente, aqueles e aquelas que desde o princípio desejaram seguir Inácio e com ele foram fundadores da Companhia de Jesus. Sublinhá-lo faz parte da novidade desta biografia.

Pedro Miguel Lamet, jesuíta, poeta, jornalista, ensaísta, etc., é bem conhecido, mesmo em Portugal, pela sua rica e variada produção literária. Agora com Inácio e os primeiros jesuítas, o Autor celebra e divulga o assim chamado Ano Inaciano, que comemora os 500 anos da conversão de Inácio em 2021 (21 de fevereiro), bem como os 400 anos da sua canonização, a 12 de março de 2022.

Pedro Lamet constrói esta biografia de um modo atraente e fluido, simultaneamente rigoroso e criativo. Põe Pedro Ribadeneira, companheiro de casa em Roma, a contar a história de vida de Inácio, seu mestre e amigo íntimo. De facto, o padre Ribadeneira foi o primeiro biografo de Santo Inácio, biografia publicada em latim em 1572. Inácio morreu em 1556. A relação dos dois é comovente, profunda e divertida. Vale a pena conhecê-la.

Pedro Ribadeneira, de uma família de Toledo, veio a Roma como um jovem pajem do cardeal Farnese. Um dia, passeando na cidade, lembrou-se de bater à porta dos jesuítas. Foi Inácio que abriu. Ele, atrevidamente, queria conhecer aquele Mestre e ficar. Admiravelmente, assim aconteceu: foi admitido na Ordem, tinha 15 anos, em 1541. A Companhia de Jesus foi fundada em 1540, por aprovação papal. Podemos imaginar todo um caminho de formação e de convívio nessa primeiríssima comunidade. Ribadeneira ia tomando notas do quotidiano, ouvindo histórias dos primeiros companheiros e tinha acesso a memórias do P. Luís Gonçalves da Câmara, português, a quem, nos últimos anos da sua vida, Inácio, passeando, foi contando a sua história: quase ditando a sua própria Autobiografia.

Este livro é um raro presente. Agradecemos a Pedro Lamet o imenso cuidado e amor que pôs nesta obra. Agradecemos ao P. António Valério, sj, Diretor da Editorial Apostolado da Oração, o imediato desejo de publicar a versão portuguesa. E agradecemos aos tradutores, Ana Corrêa da Silva e João Paulo Azevedo Mendes, o empenho e a disponibilidade manifestada.

 

Apresentações

Dia 17, quinta-feira, às 19h30, no CUPAV, Lisboa
P. Vasco Pinto de Magalhães, sj

Dia 22, terça-feira, às 21h15, no CUMN, Coimbra
P. António Sant’Ana, sj, P. Nelson Faria, sj e Clara Almeida Santos

Dia 23, quarta-feira, às 21h15 no CREU, Porto
P. António Sant’Ana, sj e P. Nelson Faria, sj

Sessão de Lisboa com transmissão online no youtube da Rede Mundial de Oração do Papa

YouTube video

* Os jesuítas em Portugal assumem a gestão editorial do Ponto SJ, mas os textos de opinião vinculam apenas os seus autores.