Últimas

Carta Aberta – Prevenir o que não se pode remediar

O Ponto SJ acolhe uma Carta Aberta dirigida aos deputados sobre a eutanásia. Subscrita por jovens dos 16 aos 30 anos, a iniciativa surgiu nos centros universitários dos jesuítas, estando aberta a todos os jovens que a queiram assinar.

As razões da nossa esperança

Apesar da derrota sofrida no parlamento, o Bloco de Esquerda volta a propor a legalização da eutanásia em Portugal. Não é original, nem inocente, esta tentativa de escamotear, através da linguagem, a verdadeira realidade da eutanásia.

Não, não é proibido sofrer!

Em duas recentes decisões, os tribunais foram chamados a avaliar a existência de um “direito a não sofrer”. Ao negar a petição, os juízes põem o dedo numa ferida aberta: qual o lugar do sofrimento no nosso espaço cultural?