Últimas

Digo ou não digo?

Há uma tese, diria mesmo, uma resposta objetiva, um critério, para fazer face à pergunta que dá título a esta reflexão. E é esta: sim, digo, se a relação tiver futuro.

Empanturrados de religião

Num tempo de muitas propostas espirituais que nos podem trazer um enorme bem, um texto que nos ajuda a distinguir o essencial do acessório.