Últimas

Férias judiciais?

O termo férias judiciais, aplicado ao período em vigor, criou a ideia errada de que nesta altura os profissionais do foro gozam de férias, não têm audiências, não sofrem com os prazos a correr, e, portanto, têm uma vida boa.

Nós e eles…

Tomando consciência das múltiplas ocasiões em que fomos e somos esses «eles», mesmo não sendo os tais políticos de que nos queixamos, entra a pergunta mais difícil: como somos «nós» quando somos «eles»?

Menos justiça e mais exigência

Talvez se possa dizer que entre ontem e hoje a natureza não mudou. Mas, seja por via da mediatização, seja por via de uma nova hierarquia de valores, há algo de diferente na justiça e na leitura que reservamos ao seu papel na sociedade.