Últimas

Um adeus a Ennio Morricone

A obra de Ennio Morricone, que morreu na segunda feira, é expressão de uma espiritualidade interior. Para o compositor, a música resultava de um vínculo entre o ver e o escutar.

Até tu, Jean Vanier?…

Tentemos agora não queimar tudo: o trigo e o joio ao mesmo tempo. Desde a sua fundação em 1964, L’Arche, através das pessoas que dão a vida por este projeto, tem feito muito bem a muita gente.

Papa Francisco, capitalista?

A afirmação de uma identidade individual, que apenas satisfaz a ambição de quem impõe o seu querer particular ao mundo, não permite que a singularidade manifestada seja acolhida pelos outros como um dom.

A cruz no presépio

Dediquemos, então, um pouco de tempo a rezar o presépio, sem ocultar a cruz que lhe é própria. Deixemos Jesus nascer também nos nossos corações, sem medo de tornar santo o nosso natal.