Últimas

Correu tudo bem

Não se trata de escolher o fácil, nem tampouco o difícil. Este texto não é uma ode ao sofrimento, é antes uma dose de realismo, que tem no verso um convite a vivermos agradecidos e fiéis.