Últimas

Neste Natal pedimos humanidade

Vivemos um tempo de avidez de contacto. Procuramos o contacto, o estar em relação, vivendo 24 horas conectados. Nunca estivemos tanto em contacto e ao mesmo tempo tão sedentos de relação. Porque não fazer diferente este Natal?

Falar de amor e psicologia?

Em qualquer etapa e área da vida, o desamor magoa. Ao batermos de frente com a profundidade das nossas feridas, vivemos bloqueados, tristes, desencontrados, indecisos ou transformados em alguém que não queremos ser. Só o Amor cura.