Uma retrospetiva a 2020

Fizemo-nos presentes em casa de cada gambozino, de Norte a Sul do país, com tudo o que tínhamos para dar porque nada nos pode parar, mesmo à distância!

Começamos o ano de 2020 em grande, tudo o que tomávamos como garantido nos Gambozinos estava a andar sobre rodas, os grupos já estavam com algumas atividades loucas no bolso e com outras tantas por sonhar e concretizar até ao final do ano letivo, como fazíamos todos os anos. No início de Março aconteceu o belíssimo RAIO, no qual tivemos a oportunidade, com os dinossauros, de recentrarmo-nos no essencial da nossa missão.

Pouco tempo passou e fomos para as nossas casas. Ora, era agora a prova dos nove, o tempo favorável era agora!!!

Então, pegámos na nossa caixinha de instrumentos, no meio do Assalto ao Castelo e pelo meio de todos os BD´S, dos campos, dos minicampos e encontrámos a nossa criatividade! Apesar de estarmos em casa, arregaçámos as mangas e acendemos o petromax, pois estávamos a viver momentos de incerteza, mas sabíamos que não estávamos sozinhos. Fizemo-nos presentes em casa de cada gambozino, de Norte a Sul do país, com tudo o que tínhamos para dar porque nada nos pode parar, mesmo à distância!

Estava a chegar o verão, um dos momentos tão esperados por todas as famílias quando, de repente, nos dizem que não vai haver campos de férias, aqueles 10 dias que preenchem todo o verão.

Surge a necessidade de nos reinventarmos, eis que nasce o Viver a Agradecer no Bairro (Braga, Peniche e Pragal) em que durante duas semanas, um pequeno grupo de animadores vira cada bairro de pernas para o ar com a simplicidade e alegria, tão característica da nossa associação. O Verão a acabar, mas ainda cheio de VAPOR para dar, a atividade com Lisboa e Resto do Mundo passou um belo dia de campo pelo meio da Serra de Sintra, onde se reencontraram tantos amigos.

Já em novos moldes, demos início a um novo ano de Gambozinos! Para já não vamos conseguir fazer um fim-de-semana com o nosso grupo, mas aproveitamos as atividades em grupos mais pequenos, para conhecermos melhor aquela pessoa com quem se calhar nunca tínhamos falado muito e já fizemos um campo de verão.

Achávamos nós que o ano estava a acabar quando, Viver a Agradecer Revellion!!! no Pragal e em Peniche. Nada melhor que voltarmos a estar de uma maneira descontraída, por entre conversas e jogos, de que todos temos saudades.

Acaba mais um ano, e ao olharmos para trás, percebemos que esteve repleto de coisas boas. Apesar de atípico, superou tudo o que achávamos possível ser concretizado.

O que nos espera este ano não sabemos ao certo, mas agradecemos por esta Graça que nos foi dada, de pertencermos a esta grande família pois não caminhamos sozinhos!

Realmente não é coisa para meninos, mas para Gambozinos. 🙂

Margarida Barbosa