Porque faço campos de Gambozinos?

Comecei a fazer campos de Gambozinos em pequena e era bastante tímida. Ao início não estava muito confiante, mas um animador conseguiu convencer-me e até hoje não me arrependo da decisão de fazer o campo que mudou a minha vida.

Comecei a fazer campos de Gambozinos em pequena e era bastante tímida. Ao início não estava muito confiante, mas um animador conseguiu convencer-me e até hoje não me arrependo da decisão de fazer o campo que mudou a minha vida.

 

Graças aos campos que fui fazendo consegui libertar-me um pouco mais, ser mais confiante e querer ajudar mais o próximo. Agora, com o passar dos tempos, consigo ver que, com os campos e as atividades, criei grandes amizades e consegui aproximar-me um pouco mais de Deus e também consigo ver que os Gambozinos me ajudaram imenso a crescer.

 

Eu faço campos para poder estar com esta grande família, no meio da natureza, a fazer as nossas atividades, a conviver uns com os outros, a cantar e a fazer aplausos e também para conhecer novas pessoas. No final dos campos, chegamos sempre a casa com um grande sorriso na cara, a ler as dedicatórias que nos deixaram e a lembrar os grandes momentos que vão ficar para sempre guardados na nossa memória.

Gosto imenso de fazer parte desta grande família e espero poder fazer parte durante muitos  anos!

 

Telma Pires, 17 anos, Pragal