Últimas

Ano novo, escola nova?

Utopias? Sem dúvida. Mas sem elas não há mudança. O desafio da mudança é também o desafio da utopia e da crença de que faz sentido e vale a pena tê-la como farol e guia. Talvez que o recuperar da utopia (…) seja o passo que está a faltar.

Regras, para que vos quero?

Parece-me fundamental, por um lado, desmontar esta “visão regrista” e, por outro, dar força e ânimo às visões educativas focadas na descoberta, no entendimento e no sentido das coisas.

Educação… licença para matar?

“Nunca na história da humanidade tantas pessoas com tão elevados níveis de educação mataram tantas outras pessoas”, Vernor Muñoz – Relator Especial das Nações Unidas para o Direito à Educação (2004 – 2010).