1º Domingo da Quaresma

«Se és Filho de Deus, manda a esta pedra que se transforme em pão». Jesus respondeu-lhe: «Está escrito: ‘Nem só de pão vive o homem’»

Jesus, cheio do Espírito Santo, retirou-Se das margens do Jordão. Durante quarenta dias, esteve no deserto, conduzido pelo Espírito, e foi tentado pelo Diabo. Nesses dias não comeu nada e, passado esse tempo, sentiu fome. O Diabo disse-lhe: «Se és Filho de Deus, manda a esta pedra que se transforme em pão». Jesus respondeu-lhe: «Está escrito: ‘Nem só de pão vive o homem».

Do Evangelho: Lc 4, 1-13

«Jesus deixa-se conduzir pelo Espírito ao deserto. Vive a luta própria das situações de aridez, de solidão. É tentado. É uma das marcas da Sua vida. Desde o início da vida pública, até à morte na cruz, Jesus não deixa de sofrer as solicitações de quem O quer desviar do caminho que o Pai Lhe mostra. Ensina-nos que a tentação, também, tem lugar na vida de relação com Deus, e que é possível vencê-la pela fidelidade.»

Pe. Sérgio Nunes, sj

10 de Março de 2019