A Esperança das coisas pequeninas

Escolher o bem nas coisas pequeninas faz-nos estar mais disponíveis para escolher o bem nas coisas grandes. A esperança é das coisas pequeninas.

A esperança é das coisas pequeninas

O bem frutifica sempre para além do que é possível constatar!

O bem tende sempre a difundir-se, mesmo que invisivelmente…

Escolher o bem nas coisas pequeninas faz-nos estar mais disponíveis para escolher o bem nas coisas grandes. O exercício do bem nas pequenas coisas do dia-a-dia “restitui-nos o sentimento da nossa dignidade, leva-nos a uma maior profundidade existencial, permite-nos experimentar que vale a pena a nossa passagem por este mundo…” (Laudato Si, nº 212)

Venha a coragem! Venha a esperança! Contra a banalidade do mal, a banalidade do bem!

Um grande obrigado a todas as pessoas do mundo que diariamente, no pequenino, no escondimento, apesar de todas as dificuldades, escolhem o bem!

A esperança é das coisas pequeninas…

 

Gentilezas pequeninas

É que fazem homem grande 

D’ir morrendo às próprias manias

Se caminha pra diante

A perfeita alegria 

De por o outro à minha frente 

Custa a ver, 

Mas a esperança está nas coisas pequeninas.

Custa a crer, 

Mas a semente germina.

Quem diria?

De Nazaré veio a vida. 

É que o bem mesmo às migalhas

Nem uma só se perderá. 

O fermento que se deita à massa 

Faz crescer sem se notar.

E se escolher é a nossa raça,

A coragem é amar.

 


Imagem: Lubo Minar [Unsplash]

Música: Domingos Perloiro SJ