Culto e devoção

Culto e devoção

Duas graças – Quero publicar duas graças recebidas: uma por mim e outra por um sobrinho. Apareceu-me no estômago uma mancha e fiquei muito assustada. Apeguei-me ao Beato João Baptista Machado, fui fazer radiografias e também a um joelho. Revelou-se que não tinha nada de grave, o que atribuo à intercessão do Beato João Baptista Machado. Venho agora agradecer, com muita fé. A outra graça foi em favor de um sobrinho, de nome Jason, com uma crise de nervos. Há muito tempo que se não queria levantar da cama e a mãe não podia fazer mais nada. Os médicos diziam que não estava nas mãos deles, pois se tratava de “stress”. Eu recorri, com muita fé, ao Beato João Baptista Machado e ele concedeu a grande graça de ele já trabalhar há algum tempo e estar bonzinho. Muito tenho a agradecer.
Regina da Silva – Toronto, Canadá.

Um emprego necessário. “O meu filho encontrava-se desempregado e com dificuldades em solucionar um certo problema. Neste momento aflitivo, veio-me à mão a pagela do Beato Francisco Pacheco com a Novena que, com fé, rezei para que meu filho fosse colocado na Instituição certa. Em Junho passado, surgiu um lugar disponível e próximo da sua residência. Dou graças e peço a Deus a canonização do nosso querido Mártir”.
M. A. B. – Custóias

Pedido de emprego. “Venho agradecer a Deus a graça que me concedeu de arranjar emprego a um rapaz que há muito tempo não o conseguia. Recorri ao Beato Francisco Pacheco e, dentro de um mês, foi-me concedida a graça que, com tanta devoção, lhe pedi.”
A .S. – Fornos de Algodres

União familiar. “Venho participar um milagre do Beato Francisco Pacheco para a sua canonização, para cumprir a promessa feita, para que o meu filho não abandonasse a mulher e dois filhos com a ida para a Alemanha para trabalhar. Ambos estavam em perigo de abandono um do outro. Por muito que rezei, o meu filho resolveu vir para junto da sua família e não quer ir mais para o estrangeiro.”
L. B. – Ponte de Lima

Voltou a ser o mesmo. “Tenho um filho que namorava uma rapariga há onze anos. Por tudo e por nada, brigavam e sempre se perdoavam e faziam as pazes. Eu e meu marido, tristes, víamos o namoro sem grande futuro mas nunca nos opusemos.
Há pouco tempo, houve uma nova zanga entre eles e deixaram-se mesmo. O meu filho, a partir dessa altura, ficou muito destroçado; não comia, não dormia, não reagia e andava muito nervoso. Lembrei-me então de pedir ajuda ao Beato Francisco Pacheco e tive a graça de ser ouvida, tendo o meu filho voltado a ser o que era antes.”
M. M. M. F.- Ponte de Lima

Comunicação de graças recebidas

A Causa de Canonização tem interesse na publicação das graças recebidas, não só para que o exemplo de uns ajude a outros, mas também para que as manifestações de santidade, por parte dos Beatos, continuem a dar maior glória a Deus.

Para obter de Deus a canonização dos Mártires do Japão é necessária a existência de milagres que atestem a sua intercessão. Por isso se agradecem muito todas as notícias referentes a graças obtidas por intercessão dos Quarenta Mártires do Brasil.

12 + 6 =