Notícias

António Pamplona ordenado diácono

António Pamplona ordenado diácono

O jesuita português António Pamplona foi um dos 12 diáconos ordenados em Roma a 23 de abril. A Eucaristia da Ordenação foi presidida por S.E. Mons. Cyril Vasil’, sj, Secretário da Congregação para as Igrejas Orientais

Cinco noviços iniciam formação

Cinco noviços iniciam formação

No dia 30 de setembro entraram no Noviciado do Santíssimo Nome de Jesus, em Cernache – Coimbra, cinco noviços para iniciar o seu processo de formação como jesuítas. Juntam-se aos três noviços que iniciam agora o segundo ano.

Padre Cruz: um homem de olhar puro

Padre Cruz: um homem de olhar puro

No dia em que se assinalam os 70 anos do falecimento do Padre Cruz, o provincial dos jesuítas lembrou o homem que tinha uma profunda união com Deus e um amor pelos pobres. Muitos devotos rezaram junto ao seu jazigo, em Lisboa.

Quatro noviços jesuítas fizeram primeiros votos

Quatro noviços jesuítas fizeram primeiros votos

Fim do Noviciado é marcado pelos primeiros votos. Quatro noviços jesuítas assinalaram ontem, dia 16, esta etapa da formação. Dia de festa marcado também pela celebração dos 70 anos de Companhia do Irmão José Ribeiro.

P. Domingos Monteiro da Costa celebrou 60 anos de jesuíta

P. Domingos Monteiro da Costa celebrou 60 anos de jesuíta

O P. Domingos Monteiro da Costa, sj celebrou no dia 8, sábado, 60 anos de jesuíta. No Algarve desde 1975, o jesuíta escolheu uma das suas obras mais reconhecidas como lugar de uma festa marcada pela gratidão: a Aldeia de S. José de Alcalar.

A vida tal qual como é, confiando no que virá

A vida tal qual como é, confiando no que virá

Agradecer a vida como ela é, diante de Deus, sem juízos. Olhar para os desejos e sonhos do futuro. Fazer silêncio. Escutar a música. Um convite à paz e à verdade feito pelo P. Paulo Duarte,sj. Um bom modo de terminar estas Férias com Deus.

O mar que invade a terra adormecida

O mar que invade a terra adormecida

É um poema de Rui Cinatti que dá o mote à oração desta semana. O P. Hugo Gonçalves desafia-nos a deixarmos Deus (o mar) invadir a nossa terra sequiosa ou rochosa (o nosso coração) para a transformar e tornar mais fecunda.

Brincar a rezar ou rezar a brincar

Brincar a rezar ou rezar a brincar

Deste vez, uma oração para a família. Apreender com Deus o amor incondicional a cada filho. Implica usar legos, uma Bíblia e agradecer cada um como é. Recordar que os filhos não são nossos. Uma proposta “muito séria” da família Quintela.