Ana Evangelista, animada

Olá! Sou a Ana, tenho 16 anos e vivo no Pragal. Venho aqui falar um pouco sobre o quanto os Gambozinos me ajudaram. Os Gambozinos é uma comunidade em que nos ajudam muito, ensinam a saber estar, a saber esperar, a saber partilhar e além de tudo ajudam-nos a conhecer melhor a nossa pessoa.

Olá! Sou a Ana, tenho 16 anos e vivo no Pragal. Venho aqui falar um pouco sobre o quanto os Gambozinos me ajudaram. Os Gambozinos é uma comunidade em que nos ajudam muito, ensinam a saber estar, a saber esperar, a saber partilhar e além de tudo ajudam-nos a conhecer melhor a nossa pessoa. Para mim os Gambozinos ensinaram-me a deixar de ser teimosa, a deixar de ser respondona e ajudaram-me na relação em casa, desde ajudar a mãe até brincar com os irmãos e também apoiaram imenso as explicações na igreja do Pragal. Nos Gambozinos preocupamo-nos uns com os outros!

Bem, eu vivo num bairro. Para os que falam dos bairros como ambientes não apropriados para crianças, isso não é verdade. Porque eu vivo num bairro e até gosto de viver lá mas penso em sair de lá, quero ter uma casa, um carro, as minhas coisas. Por mim, não quero depender “de ninguém”; percebi isso quando entrei num curso de apoio técnico de ação educativa, pois eu quero ajudar as crianças que não têm uma infância equilibrada. Os meus amigos, muitos deles afastaram-se de mim porque eu comecei a estudar mais, a deixar de faltar às aulas. Para mim foi difícil porque para mudar radicalmente a minha pessoa e os meus objectivos tive de me entregar a Deus e os Gambozinos estiveram sempre presente, para me ajudar a sério, sim, eu acho que muitas pessoas concordam com o meu novo “eu” e algumas devem estar orgulhosas.